A FORÇA DO HÁBITO

de Thomas Bernhard

TEATRO da TERRA acolhe o TEATRO DAS BEIRAS

integrado no 37º Festival de Teatro do Seixal

04 DEZ 2020 | SOCIEDADE FILARMÓNICA UNIÃO ARRENTELENSE

SEX às 20h30  | Info e reservas –  bilheteira.cultura@cm-seixal.pt

Da autoria de Thomas Bernhard, nome maior da literatura do século XX, «A Força do Hábito» conta a história de um diretor de um circo decadente que obriga os artistas a ensaiarem a peça musical «A Truta», da autoria de Franz Schubert. Subjugados pelas exigências sufocantes do diretor, os artistas não conseguem corresponder devido à sua própria falta de talento musical e ao autoritarismo do diretor.

Texto: Thomas Bernhard | Encenação: Nuno Carinhas | Interpretação: Fernando Landeira, Inês Viegas, Sílvia Morais, Susana Gouveia e Tiago Moreira | Cenografia e figurinos: Luís Mouro | Música original: Helder Filipe Gonçalves | Desenho de luz: Fernando Sena | Produção: Celina Gonçalves.

O MUNDO É REDONDO

de Gertrude Stein

TEATRO da TERRA acolhe o TEATRO DO BAIRRO

integrado no 37º Festival de Teatro do Seixal

13 NOV 2020 | FÓRUM CULTURAL DO SEIXAL

SEX às 20h30  | Info e reservas – Ticketline.pt e Fórum Cultural do Seixal

«O Mundo É Redondo», da escritora norte-americana Gertrude Stein, volta aos palcos com encenação de António Pires e com as atrizes do Teatro do Bairro. Gertrude Stein destinou a escrita do seu livro a uma criança, porém o mesmo toca tanto crianças como adultos. A história apela ao sentimento de pureza que nos transporta para as nossas memórias de inocência infantil. A protagonista desta história é Rose, uma criança com apenas uma cadeira que pretende subir uma montanha para se sentar no topo. Nessa viagem através da sua dificuldade em se expressar, devido a ter começado a falar há pouco tempo, questiona-se sobre a sua identidade, sobre as nuances da linguagem e como a realidade se constrói a partir dela.

Texto: Gertrude Stein | Encenação: António Pires | Tradução: Luísa Costa Gomes | Interpretação: Carolina Campanela, Carolina Serrão, Sandra Santos, Vera Moura | Cenografia: João Mendes Ribeiro | Figurinos: Luís Mesquita | Direção musical: Paulo Abelho | Música original: Miguel Sá Pessoa | Apoio vocal: Paulo Brandão | Movimento: Paula Careto | Apoio para a língua inglesa: Carole Garton | Luz: Rui Seabra | Caracterização: Ivan Coletti | Costureira: Rosário Balbi | Assistente de iluminação: Cláudio Marto | Assistente de som: Guilherme Alves | Construção de cenário: Fábio Paulo | Ilustração: Joana Villaverde | Produção executiva: Ivan Coletti | Comunicação: Maria João Moura | Redes sociais: João Martins | Administração de produção: Ana Bordalo | Produtor: Alexandre Oliveira | Produção: Ar de Filmes/Teatro do Bairro.