Sobre nós

O Teatro da Terra é uma cooperativa de responsabilidade limitada, sem fins lucrativos. Fundado em 2009 por Maria João Luís (profissional das Artes do Espectáculo desde 1985) na Direcção Artística e Pedro Domingos (profissional das Artes do Espectáculo desde 1988) na Gestão Administrativa e Financeira. Ambos acumulam várias funções na estrutura desde a encenação, a programação, a interpretação, a direcção de produção, a direcção técnica, o desenho de luz, entre outras. É pois, com um vasto currículo de mais de duas décadas dedicadas ao teatro, que foi decidida a criação do Teatro da Terra. Entre 2009 e 2019, esteve sediado na região do Alto Alentejo onde deixou marca na comunidade e obteve reconhecimento nacional unânime, em particular no formato dos processos de trabalho e na personalidade estética muito própria de cada criação teatral. O desenvolvimento da criação artística em estreita cumplicidade com os agentes culturais locais e regionais, caracterizou-se pela integração de actores, músicos e outros artistas, no espaço e tempo profissional da criação teatral.

O projecto artístico transporta na sua essência uma transversalidade democrática no acesso do cidadão a expressões artísticas variadas, pela itinerancia das produções, e também ao convergir as diferenças etárias, étnicas, regionais, politicas, de género ou outras, no exercício prático da cidadania ligada às artes. Os planos de actividade assentes na diversidade, mantêm a opção pelos melhores textos clássicos num espírito de renovação e reinterpretação. Também o apoio à criação contemporânea de novos textos, implica levar à cena e editar em livro físico, os originais na língua portuguesa, sem esquecer o público infanto-juvenil, onde se deixa a semente para os públicos do futuro. A edição em livro de cinco textos originais para teatro e as trinta e seis criações teatrais da companhia, até hoje, afirmam o Teatro da Terra como uma referência nacional da criação contemporânea, caracterizada como pivot articulador de uma rede informal de parceiros entre teatros municipais, nacionais ou companhias de iniciativa independente, espalhados pelo país. O despertar precoce do interesse no trabalho artístico da companhia, possibilitou a co-produção, digressão e intercâmbio de várias criações, perspectivando também a sustentabilidade financeira e a rentabilização dos escassos recursos disponíveis.

Autores universais tão importantes como Federico Garcia Lorca, Georges Feydeau, Karl Valentin, Molière, William Shakespeare, Samuel Beckett, Heinrich Von Kleist, Anton Tchékhov, Eugene Labiche, Maurice Maeterlinck, Lewis Carroll, Bernard-Marie Koltès, Charles Dickens, ou os nacionais António José da Silva, Nuno Milagre, Sophia de Mello Breyner, Herberto Helder, João Monge, Romeu Correia, Carlos de Oliveira, entre outros, ocupam lugares de destaque no histórico da companhia. Em paralelo, desenvolvemos a vertente da programação com o acolhimento e intercâmbio de espectáculos, que consideramos de qualidade, por 14 estruturas nacionais, oferecendo assim à cidade, a possibilidade de aceder a uma multiplicidade de correntes artísticas modernas e diversificadas.

AUTORES – Alexandra Moreira da Silva, Alheli Guerrero, Alípio Padilha, Ana Nave, Ana Rita Vieira, Ana Sofia Gonçalves, André Brun, Andreia Rocha, Ângela Rocha, Antón Tchékhov, António José da Silva, Bernard-Marie Koltès, Bruna Rocha, Bruno Terra da Motta, Carlos de Oliveira, Carlos Vales, Catarina Soares, Charles Dickens, Clarisse Ricardo, Cláudia Lopes Costa, Cucha Carvalheiro, Daniel Gorjão, Dino Alves, Dora Luís, Eduardo Breda, Elisabete Ramos, Eugène Labiche, F. Ribeiro, Federico Garcia Lorca, Félix Lozano, Fernando Gomes, Filipe Ferreira, Francisco Oliveira, François Begaudeau, Georges Feydeau, Gonçalo Amorim, Gonçalo Luz, Helena Azevedo, Herberto Helder, Inês Oliveira, Ivan, Joana Villaverde, João Calixto, João Carvalho, João Monge, João Pedro Vaz, João Ricardo, Jorge do Vale, José Carretas, José Fialho Gouveia, José Fortes, José Leite, José Louza, José Luís Peixoto, José Peixoto, Karl Valentim, Lewis Carroll, Lígia Soares, Luana Santos, Luís Madureira, Luíza Neto Jorge, Mafalda da Costa, Manuel Paulo, Manuel P. F. Chaves, Manuela Couto, Marcello Urgeghe, Margarida Vale de Gato, Maria Adélia Silva Melo, Maria João Castelo, Maria João Luís, Maria João Rocha Afonso, Maria Leite, Mário Galiano, Marta Carreiras, Mickael de Oliveira, Miguel Fevereiro, Miguel Sopas, Moliére, Natércia Costa, Nuno Barracas, Nuno Gomes, Nuno Milagre, Pablo Albo, Paula Careto, Paula Hespanha, Patrícia Sequeira, Pedro Domingos, Pedro Frois Meneses, Pedro Mau, Pessoa Junior, Rafaela Mapril, Ricardo Neves-Neves, Rita Abreu, Rita Nunes, Romeu Correia, Romeu Costa, Rovit, Rui Mateus, Rui Silvares, Sara Vicente, Sérgio Duque, Soeiro Pereira Gomes, Sofia Catarino, Sofia Ferrão, Sofia Lima, Soledad Lagruta, Tânia Sacramento, Temper Creative, Teresa Faria, Último Pormenor, Vanda Palma, Vitorino Coragem, William Shakespeare

ACTORES – Adriana Moniz, Alexandra Viveiros, Alexandre Carvalho, Amélia Videira, Américo Silva, Ana Amaral, Ana Brandão, Ana Padrão, Anabela Faustino, André Nunes, André Pardal, Beatriz Barosa, Beatriz Frazão, Beatriz Godinho, Beatriz Maia, Carla Galvão, Carolina Salles, Catarina Guerreiro, Catarina Rôlo Salgueiro, Catarina Wallenstein, Cláudia Alfaiate, Cremilda Gil, Crista Alfaiate, Custódia Gallego, Daniel Gorjão, David Granada, Diana Costa e Silva, Dinarte Branco, Dinis Gomes, Diogo Garcia, Elsa Galvão, Elsa Valentim, Emanuel Arada, Estêvão Antunes, Félix Lozano, Fernando Gomes, Filipa Matos Rosa, Filipe Gomes, Gonçalo Amorim, Gonçalo Carvalho, Heitor Lourenço, Helena Caldeira, Helena Montez, Helder Agapito, Horácio Manuel, Inês Castel-Branco, Inês Dias, Inês Mourão Pinelas, Inês Pereira, Íris Toivola Cayatte, Isabel Medina, Ivo Alexandre, Joana Almeida, Joana Campelo, Joana de Carvalho, João Didelet, João Perry, João Saboga, João Villas-Boas, José Graça, José Leite, Leonor Wellenkamp Carretas, Lígia Soares, Lucinda Loureiro, Luís Esparteiro, Luís Filipe Silva, Luís Gaspar, Luís Simões, Márcia Cardoso, Marcos Barbosa, Maria Ana Filipe, Maria Carvalho, Maria João Falcão, Maria João Luís, Maria João Pinho, Marques D’ Arede, Miguel Amorim, Miguel Damião, Miguel Sopas, Nuno Nogueira, Patrícia Andrade, Patrícia André, Paula Neves, Paula Sousa, Paulo Duarte Ribeiro, Pedro Filipe Mendes, Pedro Mendes, Pedro Pernas, Pessoa Júnior, Pedro Lacerda, Rafael Gomes, Rita Blanco, Rita Loureiro, Rita Rocha Silva, Rosa Villa, Rui Gorda, Rui Neto, Sara Cipriano, Sérgio Gomes, Sílvia Figueiredo, Sofia Bernardo, Sofia Marques, Susana Blazer, Tadeu Faustino, Teresa Faria, Teresa Sobral, Teresa Tavares, Tiago Ortis, Tiago Retrê, Tobias Monteiro, Tonan Quito, Vera Kolodzig, Vitor Oliveira.

MÚSICOS – Aldina Duarte, Alfredo Marceneiro, Ana Amaral, Ana Carolina Rodrigues, Ana Cláudia Santos, Anabela Araújo, António João César, Baltazar Gallego, Bárbara Duarte, Bruno Marquez, Caixas de Guerra, Carolina Picoito Pinto, Coral Polifónico de Ponte de Sor, Coro de Crianças da Escola de Música, Coros(3) de Castro Verde, Diogo Cabrita Santos, Diogo Ferreira, Évandra Gonçalves, Fernando Júdice, Fernando Matias, Filipe Dias, Filipe Sambado, Francesca Serafini, Giovanni Barbieri, Grupos Corais Alentejanos(5) do Seixal, Inês Sousa, Ivo Rodrigues, Janita Salomé, João Henriques, João Monge, João Rebelo, José Blanco, José Massarrão, José Peixoto, Luís Bonito, Marcos Lázaro, Manuela Azevedo, Marc Planells, Margarida Campelo, Miguel Fevereiro, Miguel Leiria Pereira, Orquestra Ligeira de Ponte de Sor, Orquestra de Harmónicas de Ponte de Sor, Paco Peña, Paulo Lafaia, Paulo Ribeiro, Pedro Domingos, Pedro Ferro, Pedro Pereira, Pessoa Júnior, Rita Nunes, Quarteto de Sopros, Rancho Folclórico da Casa do Povo de Ponte de Sor, Ricardo Nixó, Rui Júnior, Rui Martins Picado, Sérgio Delgado, Sertório Ramalho, Sofia Pires, Sofia Queiroz Ôre-Ibir, Tocá Rufar, Violas Campaniças, Xavier Ribeiro

PRODUÇÃO – Andreia Durães, Afonso Bonito, António Inácio, Cidália Espadinha, Daniela Cardante, Filipe Gomes, Filipe Peraboa, Gonçalo Abreu, Hugo Serrador, Isabel Dias Martins, Joana Praia, Joaquim Rocha, João Chicó, João Mesquita, João Ramos, Jorge Grilo, Luís Moreira, Maria Rosa Henriques, Margarida Inácio, Miguel Trabucho, Pamela Pedroso, Patrícia Mateus, Paula Peixinho, Paulo Cunha, Paulo Jorge Dias, Pedro Domingos, Pedro Filipe Mendes, Rita Capelo, Rita Faustino, Rita Costa, Sofia Espada, Sónia Guerra, Tadeu Faustino, Vânia Lavado

2020 marca o início de um novo ciclo com a assinatura do protocolo de cooperação com a Câmara Municipal do Seixal, onde o Teatro da Terra passa a ser a companhia de teatro residente no Fórum Cultural do Seixal. O contributo da companhia visa atingir objectivos a médio e longo prazo para o desenvolvimento das Artes do Espectáculo, na região de Lisboa e vale do Tejo, distrito de Setúbal, focado em particular no concelho do Seixal, promovendo a fruição cultural, e articulando uma dinâmica social ligada às Artes, ao serviço da melhoria da qualidade de vida das populações, porque também consideramos o acesso à cultura, um direito do cidadão. Esta parceria impulsiona a experiência acumulada na última década, na projecção do teatro para o quotidiano da região, acompanhando e retribuindo a forte dinâmica de investimento na Cultura do Município do Seixal.


ESTRUTURA FINANCIADA

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é estrutura-financiada-2020-1.png

Criação artística para todos

%d bloggers like this: