CAL de José Luís Peixoto

CAL

 

 

 

Teatro da Terra Acolhe “Chovem Amores na Rua do Matador” do TRIGO LIMPO – Teatro ACERT

Teatro da Terra Acolhimento "Chovem Amores na Rua do Matador" de Trigo Limpo - Teatro Acert
Teatro da Terra Acolhimento "Chovem Amores na Rua do Matador" de Trigo Limpo - Teatro Acert

APRESENTAÇÃO ÚNICA

– SÁBADO, 24 DE OUTUBRO 21H30

Esta nova criação, da autoria de Mia Couto e José Eduardo Agualusa, é a segunda etapa do Projecto “Interiores” e o resultado do desafio lançado a estes dois escritores para criarem um texto inédito para o TRIGO LIMPO teatro ACERT.

Baltazar Fortuna regressa a Xigovia para matar… saudades.

Pretende reencontrar os seus ex-amores: Mariana Chubichuba, Judite Malimali e Ermelinda Feitinha.

Entretanto, num sonho, elas, as três, dizem-lhe:

“Nós não te precisamos matar, nós já te matámos dentro de nós.

Há muito tempo que não vives nas nossas vidas…”

Em finais de 1992, o TRIGO LIMPO adaptou alguns contos de Mia Couto, criando o espectáculo “À roda da noite”, estreado no Nordeste do Brasil um ano mais tarde. Daqui surgiu uma relação muito especial com  o escritor e o seu país natal, Moçambique, que hoje se estende a todos os pontos cardeais e envolve um grande número de pessoas.

José Eduardo Agualusa conheceu o trabalho da ACERT na sequência de um convite para participar numa das edições do Festival d’ Agosto, em Maputo, dando início a uma proximidade que não mais parou de crescer.

É desta teia de relações que surge um trabalho a quatro mãos:

“chovem amores na rua do matador”, de José Eduardo Agualusa e Mia Couto.

Talvez “trabalho” não seja, porém, a palavra mais acertada, pois como os próprios autores explicam, a feitura desta história foi puro prazer.

E se já no começo dos começos, na génese, no princípio… era o verbo, o nascimento deste “chovem

amores…” parte dessa atitude quase mágica de proferir as palavras para que as coisas aconteçam. E

da filigrana das letras nasce, demorada e gostosamente, um mundo pequenino povoado pelas nossas

personagens. Uma teia de encantamentos temperada pela cumplicidade de dois amigos que sabem

que

“…os sonhos são mapas que nos ajudam a orientar na vida.

Aqueles que não sabem ler os sonhos, esses, sim, estão perdidos…”

como diz Ermelinda Feitinha, a mãe

"CHOVEM AMORES NA RUA DO MATADOR" TRIGO LIMPO - TEATRO ACERT
"CHOVEM AMORES NA RUA DO MATADOR" TRIGO LIMPO - TEATRO ACERT

INFORMAÇÕES

DATA:  SÁBADO, 24 DE OUTUBRO

HORA: 21H30

LOCAL: CINE TEATRO DE PONTE DE SOR

ENTRADA: 6€

BILHETES À VENDA NA CASA REGIONAL, AV.DA LIBERDADE

BILHETEIRA CINE TEATRO – ABRE ÀS 19H30, NO DIA 24 DE OUTUBRO


Género Artístico – Espectáculo de Teatro
Classificação do Espectáculo – maiores de 12 anos

Fic ha Técnica e Art ística

75ª Produção do TRIGO LIMPO teatro ACERT

Texto – José Eduardo Agualusa e Mia Couto
Interpretação – José Rosa e Sandra Santos
Encenação – Pompeu José
Cenografia – Zétavares e Marta Fernandes da Silva
Música – Cheny Mahuaie, Fran Perez, Lígia Zango, Matchume Zango e Tinoca Zimba
Figurinos – Ruy Malheiro
Desenho de luz – Luís Viegas
Técnicos – Cajó Viegas e Paulo Neto
Assistência – Gil Rodrigues
Fotografias – Eduardo Araújo
Desenho Gráfico – Zétavares


JOGO LIMPO

flyer

Monólogo. Perto do fluxo da consciência celebrizado por Joyce no famoso monólogo de Molly. O ambiente não podia ser mais tenso. Final dos Campeões Europeus. Antes do prolongamento. Os trinta minutos que se adivinham podem mudar a vida de cada um dos participantes. O treinador, filósofo e borderline, serve-se da sua vida privada para fazer passar a mensagem. Ao mesmo tempo que vai dissecando a sua relação amorosa com o auxílio das leis do futebol e da estratégia que vai propondo aos atletas. Um pretexto para comparar dois modos de vida, distintos mas com interferências recíprocas: um votado aos impulsos e às paixões, outro determinado pela razão e deliberação. Do relvado para a alcova, e vice-versa, como se de um mesmo raciocínio se tratasse. Um vai-vem entre uma vida cujo ritmo não controlamos, o ritmo dos enunciados-parasita, e outra em que somos nós os timoneiros, cujo sucesso dependerá sempre da nossa fome de triunfo. Como se estivesssemos condenados a errar, diria Becket, mas a errar cada vez melhor. Logo que joguemos limpo.

Francisco Oliveira

JOGO LIMPO

co-produção Américo Silva e Teatro da Terra

a partir da obra de François Begaudeau publicado por Verticales© Gallimard

um trabalho de Américo Silva

tradução e adaptação Francisco Oliveira

desenho de luz Pedro Domingos

operação de luz Paulo Cunha

Workshop de Interpretação

Workshop de Interpretação
Workshop de Interpretação

Coordenado pela actriz Sofia Ferrão o TEATRO DA TERRA vai realizar um Workshop de Interpretação de 15 a 30 de Setembro, terça a sexta das 19h00 às 22h00.

Proposta e Objectivos Gerais

Criar mecanismos dramatúrgicos que operem na construcção de novos sentidos e linguagens
para a cena.
A proposta é partir de um tema, que será a FLORESTA, e usá-lo como
base ficional para a produção de materiais dramaturgicos: textos, personagens e cenas.
Pretende-se com este trabalho estimular no aluno/actor, não só as
capacidades interpretativas a responsabilidade da construção
dramática, como fomentar a responsabilidade criativa, ética, política e
estética no sentido de criar um  discurso em que cada aluno, através
do  grupo, se possa rever reconhecendo o seu envolvimento com o
processo no material produzido colectivamente.
Um discurso colectivo, e democrático, que reflicta as verdadeiras
preocupações de quem o constrói e  que possa, pela sua vitalidade,
levantar questões a quem no futuro o receber.

Este workshop pretende desenvolver capacidades interpretativas e
ficionais bem como a responsabilidade individual do aluno/actor
enquanto co-criador e interprete. A co-criação é estimulo para o
desenvolvimento de uma sociabilização saudável e cooperativa,  para a
troca equitativa das ideias e para uma aprendizagem na  negociação
face às decisões.

Faça a inscrição através do e-mail: info.teatrodaterra@sapo.pt com nome, morada e idade.

Workshop de Danças de Salão

Aulas Danças de Salão
Aulas Danças de Salão

As aulas de Danças de Salão com a Prof.ª Ana Rita Viera começaram .

Horários

Segundas e terças Escola E/B 2/3 João Pedro de Andrade

18h – crianças até 12 anos

19h – iniciados

20h – 1ºgrau

Faça a sua inscrição para o e-mail: info.teatrodaterra@sapo.pt com nome, morada e telefone.

Boas Danças!

Valor mensal: 10€

Leitura Encenada de “CAL”

NOTIFICAÇÃO:

Foi alterada esta data da Leitura Encenada com Copo de Vinho Tinto não estando ainda acertado o dia de Outubro em que se vai realizar esta leitura.

[A próxima leitura encenada dos contos de José Luís Peixoto, compilados no livro “Cal”,  será a 5 de Setembro de 2009, no Castelo de Alter do Chão.

Leitura e interpretação:  Maria João Luís,  Gonçalo Amorim e Carla Galvão.

Com Copo de Vinho Tinto.]

logo_completo

A CASA DE BERNARDA ALBA de Federico García Lorca

 

 

WORKSHOP VIDEO GUERRILHA – Realização Digital Independente por GONÇALO LUZ

Workshop Video Guerrilha

DATAS / HORÁRIO
10 a 18 de JULHO 2009

10, 13 a 17 de Julho –  Horário pós-laboral (horário por definir)

11, 12 e 18 de Julho  – Manhã/ Tarde ( horário por definir)

HORAS
36h

PARTICIPANTES
16 máximo (mínimo 5)

LOCAL

PAVILHÃO DESPORTIVO MUNICIPAL de Ponte de Sôr

EXIBIÇÃO DAS CURTAS NO CINE-TEATRO de Ponte de Sôr

AULAS DE ACESSO LIVRE

Introdução

VIDEO GUERRILHA é um curso inicial intensivo, orientado para todos aqueles que sempre acreditaram ser possível fazer filmes de baixo custo com a sua câmara de vídeo digital (mini DV /HDV), mas não sabiam como, ou mesmo para aqueles que queiram acima de tudo aperfeiçoar a sua técnica, seja em termos de escrita, direcção, captação de imagem, ou montagem.

OBJECTIVOS

Formação inicial em produção/realização de baixo custo em formato DV. Os formandos serão dotados das bases elementares de linguagem, escrita para audiovisual, optimização na operação da sua câmara de vídeo digital, iluminação, e montagem, através da aplicação prática de conhecimentos.
Cada formando ou grupo de formandos (a determinar no início do workshop) terá a oportunidade de escrever, filmar e montar uma curta até 3 min, individualmente ou em grupo se preferir.                                                                                                  O workshop culmina com a exibição, no Cine-Teatro de Ponte de Sor,  das curtas realizadas pelos formandos no decorrer do curso.

CONTEÚDOS

Bloco A

– Apresentação dos projectos guerrilha
– Fases de projecto, breves noções de pré-produção e produção
– Noções elementares de linguagem audiovisual (movimento, cena, plano, composição, gramática, continuidade)

Bloco B

– Desenvolvimento dos projectos guerrilha
– Preparação e pré-produção dos projectos
– Argumento e Planificação
– Câmara DV (possibilidades e optimização)

Bloco C

– Gravação dos filmes guerrilha

Bloco D

– Montagem e pós-produção dos filmes guerrilha

ADMISSÃO
Pré-requisitos:

Familiaridade mínima com o funcionamento com uma câmara de vídeo mini DV;
Experiência mínima de operação com PC em ambiente Windows ou MAC em ambiente OS X.

Outros requisitos:
História ou ideia, de autoria própria ou de grupo, ou com os devidos direitos assegurados (à
responsabilidade dos formandos), sem limite de género ou tema para filme até 3 minutos, entregue no
acto da inscrição.
Sendo da responsabilidade dos formandos a produção dos seus filmes, espera-se dedicação a
projectos concretizáveis, recomendando-se que as gravações decorram em locais próximos, ou nos
vários espaços, do local de formação, caso contrário não poderão ser acompanhados pelo formador.

Requisitos (individuais ou de grupo) para o curso:

-Câmara de vídeo DV ou  miniDV (de preferência) em pleno funcionamento, baterias em bom estado e respectivo carregador;

-Tripé (opcional);

-Computador portátil,  PC ou MAC, com software de edição instalado, de preferência Adobe Premiere ou Final Cut Pró, em alternativa iMovie para utilizadores de MAC.

FORMADOR

Gonçalo Luz
Realizador, formado na Escola Superior de Teatro e Cinema em Lisboa, complementa os seus estudos
na Etic, na área do vídeo, e no Lee Strasberg Theatre Institute, em Nova York, onde estuda
representação. Vencedor de vários prémios com os trabalhos de produção independente “Crónica
Feminina”, “Innocent When you Dream”, “em Fátima rezei por ti”, e “How I Feel” (estreado em 2005 no
Indielisboa, e presente este ano em competição no festival Amori in Corto – Terni-Italia), tem vindo a
desenvolver o seu trabalho nas mais variadas áreas entre o vídeo, o cinema e a publicidade. Membro
vitalício do Actors Center (Roma) como realizador.
Enquanto formador, certificado pelo (IEFP), ministra vários módulos de realização na Restart, nas áreas
de ficção e publicidade, desde 2003, tendo sido também fomador na ETIC.
Realizador seleccionado para o Berlinale Talent Campus #6 (2008).

INSCRIÇÕES

Download da Ficha de Inscrição :    

Ficha de Inscrição workshop

Através de e-mail para:  info.teatrodaterra@sapo.pt

Mais informações:

96 771 05 98  – Dias uteis, das 10h às 18h30.

Produção
TEATRO DA TERRA

Leituras Encenadas

Com Copo de Vinho Tinto

Contos de José Luís Peixoto, compilados no livro “Cal”, lidos e interpretados por Maria João Luís, Dinarte Branco e Isabel Medina, na Sociedade Filarmónica de Galveias.

04 de Abril 2009, às 20h30

Criação artística para todos

%d bloggers like this: